• 79 3245-4785
  • Seg - Sex 7.00 - 17.00
  • contato@bergshidraulico.com

Apenas 15,7% dos domicílios possuem rede de esgoto em Sergipe

Apenas 15,7% dos domicílios possuem rede de esgoto em Sergipe

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que apenas 15,7% dos domicílios de Sergipe possuem rede de esgoto. De acordo com a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO), obras já foram iniciadas para aumentar a cobertura de esgoto em Aracaju, de 32% para 90%....

O despejo desses resíduos de forma inadequada gera danos à saúde e ao meio ambiente. De acordo com o biólogo Franklin Souza, o mangue verde e alto é o resultado de contaminação. “Essa não é a altura natural de uma planta de manguezal. A altura é o resultado da quantidade de matéria orgânica que existe no solo proveniente do esgoto, e isso não é sinônimo de saúde é sim de doença”, afirmou.

Segundo o biólogo, outros riscos podem acontecer com a destinação inadequada do esgoto, como erosões, bem como aumentar as erosões que já existentes no solo, e com esses fatores o manguezal vai deixar de exercer suas funções vitais, que é servir de berçário para as espécies aquáticas.

Há quatro meses cerca de 4 mil peixes foram encontrados mortos no Parque Augusto Franco, na Zona Sul de Aracaju. De acordo com a Secretária de Meio Ambiente de Aracaju, as mortes foram provocadas pelo despejo de esgoto de prédios e empresas próximos ao parque, sendo que os responsáveis foram notificados.

A destinação incorreta de dejetos é um problema antigo em Sergipe. A cidade de Aracaju recebeu em 1914 a primeira rede de esgoto, o sistema implantado na época abrangia a área do centro da cidade, o município se desenvolveu ao longo desses anos, mas a infraestrutura não conseguiu acompanhar seu crescimento.

Segundo o doutor em saneamento José Daltro, a questão é um problema de saúde pública. “É uma infraestrutura de grande importância, porque você vai economizar recursos públicos com a saúde devido a esses problemas que ocorrem devido à falta de estrutura”, ressaltou.

De acordo com o IBGE, esse é um problema que ocorre em todo o Brasil, onde apenas 28,7% dos municípios brasileiros tem esgoto tratado. “Se Aracaju tivesse implementado as ações desde 1914, ou seja, se o sistema de esgoto crescesse junto com a cidade, certamente não teríamos problemas hoje”, afirmou José Daltro.

 

Fonte: G1 Sergipe

Nosso objetivo é prezar pela qualidade do nosso serviço. “ Berg's Hidráulico ”